Ação de curto prazo. Mudança de longo prazo

Fiquei intrigado com o subtítulo do material “Tactical Urbanism“. Ao mesmo tempo em que é simples, ele traz consigo uma verdade que por vezes duvidamos da sua eficácia.

Short-term Action || Long-term Change

Em uma tradução livre poderia ser: “Ação de curto prazo || Mudança de longo prazo”. Muito interessante pensar que mudanças provocadas e realizadas em pequenas escalas vão surtir efeitos duradouros. Pura verdade!

tac·ti·cal
1. of or relating to small-scale actions serving a larger purpose
2. adroit in planning or maneuvering to accomplish a purpose

Segundo a publicação, as transformações em grande escala – como a construção de estádios, por exemplo – vão consumir muito investimento de tempo bem como uma profunda reserva de capital político, social e fiscal. Nesta linha de raciocínio não é difícil perceber que, no longo prazo, não temos como garantir que economicamente e socialmente teremos benefícios. Alguém conhece o legado dos jogos Pan-Americanos de 2007 realizados no Rio de Janeiro?

Por outro lado mudanças em pequena escala revelam abordagens que permitem que iniciativas locais testem novos conceitos antes mesmo de fazer mudanças políticas substanciais e comprometer-se financeiramente. Será que funciona?

As táticas publicadas são simples, vão desde criar espaços seguros (play streets) para encontro das pessoas até recuperar (no sentido do resgate mesmo!) ambientes dedicados aos automóveis em um determinado dia da semana (park [ing] day).

A street temporarily transformed.
Credit: Art Monaco Portland via my.parkingday.org

Acredito que não estamos preparados para nenhuma das duas abordagens. Para a primeira abordagem – dos altos investimentos e mega construções e eventos – vamos ter a prova de fogo com a copa do mundo. Quanto à segunda, aparentemente simples, o problema é (basicamente) a mudança de uma cultura inteira. Aí reside a dificuldade!

Por isso que (volto a dizer) essa mudança tem que ser de dentro para fora (primeiramente em você), depois ela deve seguir num raio de 360º (familiares, pares e amigos próximos) e, por fim, ações organizadas governamentais (ou não) com investimentos atrelados.

Fazer é fácil. Fazer coisas simples, mais fácil ainda!

Anúncios

2 respostas em “Ação de curto prazo. Mudança de longo prazo

  1. Pingback: BRT, Mobilidade e Segurança | m a u r o s i l v a : P i t a c o s

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s