Quanto você ROI ?!

Vez por outra sempre estou conversando com algumas pessoas sobre o quanto de nossas vitórias (técnicas ou não) nos projetos em que trabalhamos estão realmente presentes e descritas no nosso currículo. O quanto de bons resultados, bons feedbacks e de reconhecimentos (por boa produtividade, por exemplo) conseguimos documentar nele. Olhando para o meu currículo, minha resposta é: NADA !!! (infelizmente)

Este deveria ser o principal mote de seu currículo: o quanto vc retorna (ou retornou) para sua empresa em quantidade e/ou qualidade nos projetos que vc está (ou passou)? Como vc vai reportar/documentar o ROI (Return Of Investiment) de uma (boa) experiência no seu currículo?

Bem, boa parte dessas respostas saiu numa matéria no Monster que comenta a importância desse tipo de informação no seu resumé e dá umas dicas de como fazer isso.

Forget the software jargon and certification acronyms. To get hired, you need to show prospective employers how you’ll help the bottom line, and that means incorporating a return-on-investment (ROI) perspective into your resume.

Aparentemente a grande questão agora é refazer o currículo asap. Mas vc realmente sabe que informações terão que ser coletadas? Estava pensando sobre isso e essa lista não veio de imediato na minha cabeça.

O que vou fazer então? (aqui vai a minha dica)
Vou trocar algumas idéias, fazer um brainstorm, um levantamento do passado junto com alguns dos meus pares de trabalho/projeto que estão nesta mesma situação. Talvez juntos, tenhamos uma visão mais clara do quanto trouxemos de bons resultados nos (muitos) projetos que já fizemos.